CIRCULAÇÃO SANGUÍNEA E SAÚDE DO CORPO

0

Nosso corpo é uma máquina perfeita e todos os órgãos devem estar alinhados para um bom funcionamento. Se uma peça dessa engrenagem se “quebra”, todo um sistema pode ficar comprometido. É isso que acontece com nossa circulação sanguínea. Cuidar do nosso sistema venoso e arterial é o primeiro e importante passo para o bem estar de todo o organismo, principalmente neste momento, que já é de conhecimento que os problemas vasculares estão entre os fatores de risco do novo coronavírus.

Para entender as doenças do sistema circulatório, temos que entender como funciona. São duas circulações: a venosa e a arterial.Podemos falar que a arterial leva sangue oxigenado para todo o corpo, enquanto a venosa devolve o sangue não oxigenado para o coração para que esse sangue vá ao pulmão, oxigene e retorne ao coração e de lá vá para a artéria de novo. Isso forma um ciclo. Artéria, veia, coração, pulmão, coração e artéria. A artéria entrega um sangue oxigenado e a veia devolve um sangue não oxigenado.

As artérias são vasos fundamentais para a vida e para qualquer estrutura que ela esteja levando sangue oxigenado. As doenças relacionadas às artérias podem ser relacionadas com a dilatação das artérias, que são os aneurismas, ou  o entupimento, que levam as isquemias, como as do miocárdio, cerebral, de artérias de uma perna,tendo complicações como o infarto, AVC ou até mesmo perda de um membro.

Já as veias, vão devolver o sangue não oxigenado para o coração. Essa devolução do sangue  se faz contra a gravidade, pois o coração fica no ponto mais alto do que as pernas. Dessa forma, para o sangue conseguir chegar ao coração, ele depende de contração  da musculatura além de o de uma válvula, uma espécie de membrana, que direciona o sangue para cima, não deixando-o refluir. As doenças relacionadas a esse sistema fazem com que essa função seja comprometida. Essa veia se alarga, essa válvula para de funcionar e o sangue acaba ficando mais tempo retido em determinados pontos do corpo. Dessa forma,há a formação de um coágulo que provoca a trombose, a inflamação daquele vaso. Podem ocorrer  uma flebite, erisipelas, chegando a culminar, com das doenças mais graves desse sistema, que são as úlceras varicosas.

As medidas que devemos tomar, que de uma forma geral melhoram tanto a circulação arterial  como a venosa são uma alimentação saudável e a prática de atividades físicas regulares, uma boa hidratação e evitar o ganho de peso. Não ingerir bebida alcoólica e não fumar. Isso são medidas gerais,existem as mais específicas para cada sistema. É importante que o paciente procure regularmente um angiologista ou cirurgião vascular, caso apresente algum sintoma ou tenha histórico familiar. Com isso ele consegue fazer um check up  vascular.  Em caso necessário o médico solicitará exames de imagens. Qualquer doença que seja tratada de forma precoce, tem maior chances de cura, levando a uma velhice mais saudável.

The following two tabs change content below.
Ricardo Brizzi

Ricardo Brizzi

Angiologista e Cirurgião Vascular. Fez residência médica em cirurgia vascular na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) no período de 1993 a 1996. Pós graduou-se em cirurgia endovascular em SP, trabalhou no serviço publico no Hospital Salgado Filho e no Hospital da Lagoa – setor de Hemodinâmica. É membro da Sociedade de Cirurgia Vascular do Rio de Janeiro. É um dos Responsáveis pelo setor de cirurgia vascular e endovascular do Hospital Badim, do Hospital Israelita e Hospital Norte D’Or e diretor da Clínica Varilaser.
08-04-2021 |

Deixe um comentário

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas