Abertas inscrições para terceira edição dos Bosques da Memória

0

A Alameda Sandra Alvim, em parceria com a Prefeitura de Rio, realizou no final de semana uma nova cerimônia de plantio de árvores em homenagem às vítimas da Covid-19. A terceira edição do evento está prevista para o mês de setembro na Alameda, o maior corredor verde do Rio, localizado no Recreio dos Bandeirantes.

Os interessados podem entrar em contato com a adotante do espaço, pelo e-mail grupo.patativas@gmail.com .

No domingo, familiares das vítimas plantaram 46 árvores que foram identificadas com o nome da pessoa falecida, representando as mais de 30 mil vidas perdidas no Rio e os mais de 45 mil profissionais de saúde que atuam no enfrentamento da pandemia na cidade. A ação contou com a participação do grupo sinfônico A Quarta Corda, formado por jovens músicos do Morro dos Macacos.

A iniciativa tem o apoio da Prefeitura, por meio da Fundação Parques e Jardins, da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Comlurb.

“Os Bosques da Memória transformaram a dor da perda. Aqui, as famílias se sentem acolhidas e podem transformar essa dor em vida, podem olhar pra frente e plantar a esperança”, destacou o secretário de Meio Ambiente, Eduardo Cavaliere. Ele observou ainda que, devido ao grande número de famílias interessadas em participar, a secretaria do Meio Ambiente, em conjunto com a Fundação Parques e Jardins, está estudando a possibilidade de ampliação da campanha Bosques da Memória para outras áreas verdes da cidade.

Amigos e parentes de pessoas que não sobreviveram à Covid-19 no Rio plantaram árvores no Bosque da Memória.

“As famílias nos procuram com uma lacuna muito grande, pois não conseguiram se despedir de pessoas tão amadas e queridas. A oportunidade de plantar uma árvore traz uma nova experiência de vida e de amor. Junto com tudo isso, afloram muitas memórias positivas e lembranças lindas em um simbólico ritual de despedida”, completou a organizadora do evento e adotante da Alameda Sandra Alvim, Isabelle De Loys.

Inscrições
A inauguração dos Bosques da Memória aconteceu em 12 de junho em uma cerimônia ecumênica e o plantio de 43 mudas de árvores. A terceira edição do projeto está prevista para setembro e a Alameda Sandra Alvim já está recebendo inscrições de famílias que desejam realizar a homenagem. Os interessados podem entrar em contato com a adotante do espaço, pelo e-mail grupo.patativas@gmail.com .

Bosques da Memória
A campanha “Bosques da Memória” é apoiada pela ONU, pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) em alinhamento com as ações da Década da ONU da Restauração de Ecossistemas 2021-2030.

The following two tabs change content below.
Maximino Brügger Perez
Jornalista responsável pela comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa durante oito anos, com participações em eventos na Argentina, Chile, Colômbia, Costa Rica, França, Holanda, Inglaterra, México, Peru, República Tcheca e Venezuela. Destaques para os Jogos Olímpicos e Paralimpicos de Londres (2012), Rio (2016), Pan e Parapan de Guadalajara e o Mundial de Roterdã. Especialista em transmissão ao vivo, produção e edição de vídeos, repórter e editor do Jornal dos Sports durante uma década. Assessor de Imprensa do candidato a presidente do Flamengo José Carlos Isidro, além de jogadores e empresários como Júnior Baiano, Dimba, Beto, Zagallo Filho, entre outros.
14-07-2021 |

Deixe um comentário

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas