Ação para coibir festival de pipas no Recreio

Ação conjunta da Guarda Municipal com a Subprefeitura da Barra, Recreio e Vargens e o 31º BPM, para coibir desordem durante festival irregular de pipas no Recreio dos Bandeirantes.

Equipes da Guarda Municipal do Rio (GM-Rio), da Subprefeitura da Barra, Recreio e Vargens e do 31º BPM realizaram ação de ordenamento na noite desta quarta-feira, 06 de julho, durante o festival irregular de pipas que vem acontecendo semanalmente no Recreio dos Bandeirantes, e costuma reunir pessoas de diversas regiões do Estado do Rio de Janeiro.

Recreio-pipas
A soltura de pipas na areia da praia é proibida pelo Código de Posturas Municipais.

A fiscalização aconteceu pela terceira semana seguida, após reclamações enviadas para a Subprefeitura. Participaram da ação guardas do Subgrupamento de Operações de Praia (Sgop) com apoio do Grupamento Tático Móvel (GTM) e também do 31º Batalhão da Polícia Militar.

– Estamos monitorando o evento, com a intenção de prevenir a desordem e o descarte de material poluente e perigoso nas areias. A linha chilena e as varetas das estruturas das pipas oferecem risco aos frequentadores da praia, e além de tudo demandam um número maior de garis e maquinários na limpeza da Comlurb, tendo em vista que a área tem ficado muito suja com o material descartado – ressalta o Subprefeito da Barra, Raphael Lima.

– Estamos atentos às demandas da população, que reclamou da desordem, e nossa ação também visa a segurança, tendo em vista os riscos de se soltar pipa com linha chilena. Já atuamos há duas semanas e a presença da Prefeitura está provocando o esvaziamento desse evento irregular, destaca o comandante da GM-Rio, inspetor geral José Ricardo Soares.

Além das apreensões de 13 carretéis de linha chilena, ainda foram multados cerca de 24 veículos por estacionamento irregular na orla. O grupo se deslocou entre os postos 11 e 12, mas as equipes da Prefeitura e da Polícia Militar conseguiram realizar a dispersão sem conflitos ou tumultos. Após o fim da missão foi necessário solicitar o apoio da Comlurb para retirar o restante do material que ficou na praia. Na semana passada, as equipes da Prefeitura e da Polícia Militar já haviam apreendido cerca de mil pipas pipas, linhas, carretéis e 12 carretilhas. Também foram aplicadas 40 multas de trânsito para flagrantes de estacionamento irregular e outras irregularidades

A soltura de pipas na areia da praia é proibida pelo Código de Posturas Municipais. Também são proibidos a utilização desses equipamentos próximo às vias públicas e a utilização de linha chilena, pelos riscos que oferece. As linhas e pipas foram inutilizadas e as carretilhas apreendidas.

Compartilhe esse artigo!

Gostou desse artigo? Comente!

Quer divulgar o seu negócio aqui?
Chame no WhatsApp!