Tudo o que você precisa saber sobre ansiedade

 

Cada vez mais comum na atualidade, a ansiedade é uma condição natural humana que pode tornar-se patologia.  Por isso, é importante entender suas causas e sintomas, e analisar sua intensidade em sua vida. 

 A ansiedade é uma sensação de angústia, medo e desespero que pode se manifestar fisicamente gerando dor no peito, falta de ar, frio no estômago e tremedeira, entre outros sintomas. É um processo natural, que tem como objetivo a autopreservação. Ao identificar um perigo iminente, o nosso cérebro começa a liberar uma série de hormônios e neurotransmissores que vão nos permitir lutar e/ou fugir, facilitando, assim, que escapemos do perigo. Porém, quando perdemos o controle da nossa ansiedade, começamos a identificar, inconscientemente, qualquer dificuldade ou perigo como uma ameaça e começamos a liberar os mesmos hormônios que geram irritação e inquietude. 

 

O medo é uma resposta a uma ameaça identificada, já a ansiedade é uma resposta a ameaças desconhecidas, dificultando, assim, a separação entre situações e problemas que podem agredir nossa vida e situações normais que podemos contornar. 

 

Não existe uma quantidade ideal de ansiedade; cada mente processa informações de um jeito, mas a ansiedade se torna uma patologia quando começa a interferir na qualidade de vida e saúde física e mental. Dessa forma, sentir-se ansioso em algum momento da vida é perfeitamente natural, mas ao viver a ansiedade com alta frequência e intensidade, é recomendado que se procure um terapeuta para evitar que o problema se agrave. 

 

Apesar de serem extremamente incômodas, as crises de ansiedade não levam a pessoa à óbito, mas uma ansiedade não tratada pode levar a pessoa a se machucar, ser agressivo com outros, desenvolver síndrome do pânico e depressão. 

 

As principais causas da ansiedade são: 

  • Excesso de pressão para realizar ou conquistar algo; 

  • Fatores genéticos; 

  • Falta de tempo para descansar e relaxar apropriadamente; 

  • Falta de sono; 

  • Traumas; 

  • Situação de perigo e/ou insegurança; 

  • Grandes mudanças ou mudanças drásticas na vida; 

  • Comportamento ansioso. 

 

Os principais sintomas da ansiedade são: 

  • Cansaço (fadiga); 

  • Insônia e sono leve; 

  • Falta de ar; 

  • Aperto no peito; 

  • Aceleração dos batimentos cardíacos e dor no peito (sensação de infarto); 

  • Irritabilidade; 

  • Agressividade; 

  • Formigamento nas mãos e nos pés; 

  • Confusão mental, dificuldade de tomar decisões; 

  • Suor frio, arrepio e mão suadas; 

  • Musculatura tensa e dolorida; 

  • Boa seca, lábios ressecados; 

  • Vontade de urinar e/ou defecar; 

  • Dificuldade na fala e ao engolir, sensação de “nó” na garganta; 

  • Dificuldade para relaxar; 

  • Dificuldade de ficar parado; 

  • Vômitos; 

  • Vertigem e tontura. 

 

Avalie o impacto da ansiedade em sua vida e, caso necessário, procure um profissional. 

Compartilhe esse artigo!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Gostou desse artigo? Comente!

Quer divulgar o seu negócio aqui?
Chame no WhatsApp!