AUTOCUIDADO E EMPODERAMENTO FEMININO

decoracaojaneiro interna cópia
Foto: VisualHunt.com

 

O autocuidado feminino é um tema que sempre está em debate. Atualmente ele deixa de ser relacionado somente com os cosméticos, moda, estética e padrões de beleza vigente. Está ligado também com o bem-estar físico, mental, social, e até eletrônico. Este conceito foi criado por uma escritora americana chamada “Audre Lorde”, que disse: “Cuidar de mim mesma não é autoindulgência, é autopreservação, um ato de luta política”. A frase é do epílogo de A Burst of Light, livro de Audre, e foi repetida muitas vezes em sua carreira, em palestras e entrevistas.

Podemos dizer que assim nasceu o empoderamento feminino onde almejamos o nosso auto crescimento social, econômico e político. Esse novo conceito onde nós mulheres temos que nos valorizar, nos cuidar e almejar cada vez mais um crescimento socioeconômico e principalmente melhorar a nossa qualidade de vida.

O empoderamento feminino contribui para que as mulheres tenham o direito de participar ativamente dos mais diversos tipos de debates, tomando decisões que influenciarão o nosso futuro, independente da sua raça, crença, opção sexual ou atividade econômica.

Poder decidir o rumo de sua própria vida de forma consciente é uma grande ação de empoderamento que muitas mulheres, ainda, não conseguem.  Buscar conhecimento de si próprio, de seus direitos e colocá-los em prática é a melhor forma de autocuidado e empoderamento.

Sabemos que o ser humano nunca está totalmente satisfeito com sua aparência, principalmente as mulheres. Por mais belas e plenas, sempre tem algo que as incomodam e atrapalham na sua autoestima. Seja uma gordurinha localizada (aquela que somente ela vê), manchas na pele, problemas hormonais, gravidez, entre outros. Esses incômodos podem prejudicar a autoestima, seja pelo bem-estar do organismo ou pelo relacionamento visual.

Os tratamentos estéticos são grandes aliados para a autoestima, já que promovem uma transformação física e emocional no paciente, valorizando sua autenticidade e singularidade alcançando o potencial máximo da sua autoestima e bem-estar.

Apesar disso, é preciso também rever tudo o que imposto pela sociedade, assim como os padrões de beleza, que por vezes mexem com a autoestima de algumas mulheres, as forçando a buscarem uma imagem considerada “bela” porque alguém definiu que seria bonito. Ser emponderada é estar bem consigo sem se cobrar a seguir um padrão imposto pela sociedade.

Seja quem você é, lute pelo o que você acredita e seja feliz!

Compartilhe esse artigo!

Gostou desse artigo? Comente!

Quer divulgar o seu negócio aqui?
Chame no WhatsApp!