E nada de desânimo!

interna cópia 17

 

Às vezes, nossos resultados tão esperados não acontecem e nem somos tocados tão rápido das “respostas-sinais”. Precisamos continuar agindo. A campanha da ação precisa ser barulhenta,  digamos assim. Vale até fazer por fazer. Cada vez que fazemos algo, transformamos o lugar, as pessoas, e tudo a nossa volta muda, e por isso mesmo mudamos também. Temos que continuar a fazer. Às vezes, olhamos e não vemos, escutamos e não ouvimos, sabemos o que está acontecendo mas não entendemos os porquês. Tudo isso faz parte do nosso processo evolutivo.

Precisamos acreditar que alguma coisa vai acontecer no momento seguinte e que será para um bem maior. Até porque, também faz parte dessa evolução individual entender que temos uma força maior interna que nos guia e nos mostra o quê, pra quê e por quê as coisas são como são. Temos que relaxar o pensamento, para que as mensagens que precisamos receber e acatar venham nos acalentar o coração.

Penso que esse desânimo que sentimos às vezes talvez esteja ligado ao nosso ego. Cremos que sabemos coisas da materialidade e que esse saber pode nos tornar melhores, e esquecemos da força do potencial infinito da vida, que a todo tempo faz com que sejamos capazes de saber o quanto sabemos.

Temos de aprender a humildade de nos entregarmos ao Deus que elegemos pra nós e que dizemos n’Ele crer e por causa d’Ele desenvolver a fé que pouco exercitamos. Talvez estejamos precisando buscar mais meios de compreender a vida e seus bailados à nossa frente através do estudo e desenvolvimento intelectual, material e espiritual… Eu tenho feito assim.

Faz bem nos interessarmos pelos encontros com  pessoas que estudam, por diversos meios, a compreensão da existência e da espiritualidade.Temos de seguir confiantes que vão passar esses momentos turbulentos e vamos ser mais fortes.

Compartilhe esse artigo!

Gostou desse artigo? Comente!

Quer divulgar o seu negócio aqui?
Chame no WhatsApp!