Saudações ao nosso tempo que passa

2decoracaojaneiro interna copia

 

“Sinto-me como uma semente no meio do inverno, sabendo que a primavera se aproxima. O broto romperá a casca e a vida que ainda dorme em mim haverá de subir para a superfície, quando for chamada”.

Estou aqui a plagiar a ideia e uma fala de Nicete Bruno, porque hoje estou feliz e reflexiva. Eu leio em voz alta ao falar do tempo, pra eu me ouvir e fazer outros ouvirem.

Quem teve o privilégio de viver muito sabe que tempo é um mestre caprichoso. Às vezes suas lições são tão repentinas que são capazes de nos afogar. Outras vezes, elas se depositam tão devagar, como um conta gotas diante da avidez de nossas perguntas. Quem teve o privilégio de viver muito tempo, com tantos amigos, tende a olhar com serenidade o turbilhão da vida.

Com o passar do tempo, amores ardentes se extinguem, urgências se acalmam, passos ágeis alentam. Enfim, tudo muda. Mudam as pessoas, mudam os amores, mudam as famílias… só o tempo não muda, continua a mesma coisa… passando. E por isso, quero agradecer ao tempo, que esculpiu no meu rosto e na minha alma a sua marca da qual tanto me orgulho. Então, brindo com você, aos meus e aos seus tantos anos passados com o tempo.

Boas reflexões servem pra nos realocar em nós mesmos. Que este ano tenha trazido muitas razões para refletir e se reencontrar em si mesmo.

Compartilhe esse artigo!

Gostou desse artigo? Comente!

Quer divulgar o seu negócio aqui?
Chame no WhatsApp!