Como lidar com relacionamentos abertos

Os relacionamentos abertos se enquadram na categoria maior de relacionamentos consensualmente não monogâmicos. São relacionamentos em que um ou ambos os parceiros podem buscar sexo e, às vezes, ligações emocionais com outras pessoas.
Uma das razões que têm levado muitos a se aventurarem nessas relações é a ideia contemporânea de liberdade.

Relacionamento - Certifique-se de criar limites sexuais desde o início. É importante que esta conversa descreva explicitamente o que exatamente é permitido.
Certifique-se de criar limites sexuais desde o início. É importante que esta conversa descreva explicitamente o que exatamente é permitido.

Nós pensamos como indivíduos autônomos, portadores de anseios e desejos legítimos, nem sempre compatíveis com os do outro. Custa-nos abrir mão da liberdade e abrir o relacionamento acaba sendo uma maneira de tentar lidar com os conflitos que advêm daí.
Para que este relacionamento aberto dê certo uma base precisa ser construída para, assim, evitar mal entendido e ciúmes.

Para estabelecer um relacionamento com o qual você e seu parceiro se sintam confortáveis você deve ser honesto sobre suas necessidades emocionais e sexuais. Certifique-se de criar limites sexuais desde o início. É importante que esta conversa descreva explicitamente o que exatamente é permitido.

Você se sente confortável com sexo com penetração? Sexo oral? Se beijando? Crie limites emocionais também. Discutam como vocês vão se proteger e proteger um ao outro em seus relacionamentos abertos. Os preservativos são obrigatórios? Vocês dois farão exames de rotina para DSTs?

* Artigo publicado pela colunista Leila Cristina, psicanalista.

Compartilhe esse artigo!

Gostou desse artigo? Comente!

Quer divulgar o seu negócio aqui?
Chame no WhatsApp!