É Natal e o projeto Guguzinho precisa da sua participação

Saiba como ajudar um gatinho abandonado, com simples ações, sem sair de casa. O Projeto Guguzinho precisa de sua colaboração. Veja como é fácil fazer uma boa ação no final de ano!
Nunca antes, em seus seis anos de existência, o Projeto Guguzinho, teve um mês de dezembro tão difícil! Perdeu muitos colaboradores por conta da crise e muitas das doações que recebiam foram reduzidas a muito menos da metade.

Com isso, o Projeto tem passado dificuldades, chegando a ter contas atrasadas na veterinária, além de dívidas no banco. Inclusive, a maior preocupação por lá é que não haja nenhuma emergência veterinária nas próximas semanas, pois não existirão meios de se custear mais nenhuma nova internação. Esse é o difícil dia-a-dia do Projeto Guguzinho.
Inclusive, um dos felinos recém-resgatados que atende pelo nome de Snow e já é idoso, bastante debilitado e está tratando a zoonose esporotricose, deveria ser internado novamente. Porém, com todas as adversidades, ele está sendo mantido no ambulatório de uma hospedagem parceira.
Além disso, na sede do Projeto, existem vários outros gatos que tiveram seu acompanhamento veterinário suspenso. Esse é o caso da Kiara, do Léo, do Mr. Grey, do Neve, do Pirata, do Blue, gatinhos renais, asmáticos e com outras patologias graves.
São muitos os idosinhos e/ou portadores de doenças crônicas! Sem ajuda, o Projeto Guguzinho corre o risco iminente de não ter mais como manter tantos animais que representam um alto custo mensal.
Para ajudar o projeto Guguzinho é fácil e existem várias maneiras de dar sua contribuição:
1- Doar qualquer valor via ↪️ PIX = 109.376.157-14
2- Amadrinhar um dos resgatinhos com uma contribuição fixa mensal, unindo-se ao grupo “Madrinhas do Projeto Guguzinho”.
3- Adquirir uma camiseta em dryfit personalizada do projeto Guguzinho por r$ 65,00 (preço sugerido) + despesas do envio. Vejam os modelos nas fotos!
4- Compartilhar os pedidos de ajuda do Projeto! Isso é muito importante também, assim como o engajamento nas redes sociais do projeto!
Mais informações no WhatsApp (21 99103-7603), efetuar o pix ou transferência, e depois enviar o comprovante!
✔️Pagamentos:
PIX = 109.376.157-14
ITAÚ
ag. 6140
cc. 36929-6
Patrícia Baars

O projeto Guguzinho, que já tirou das ruas do Rio de Janeiro mais de 200 bichanos em estado de abandono.
O projeto Guguzinho, que já tirou das ruas do Rio de Janeiro mais de 200 bichanos em estado de abandono.

SOBRE O PROJETO GUGUZINHO
Criado em 2015, o Projeto nasceu em função de um resgate de um gatinho muito debilitado, ocorrido em maio de 2014. O pobre animal foi encontrado quase desfalecido pela advogada Patrícia em uma beira de rua, no Recreio dos Bandeirantes/RJ, e lhe foi dado o nome de GUGU. O pequeno bichano, que logo foi diagnosticado como portador da aids felina (FIV), não conseguia se mexer nem para comer, apesar de estar extremamente magro e faminto.
Os veterinários estimaram que GUGU viveria no máximo mais 6 meses. E para cuidar de sua frágil e comprometida saúde foi feita uma campanha nas redes sociais para custear seu longo tratamento.
Patrícia prometeu que se conseguisse salvar o pobre Guguzinho, ela tentaria salvar outros gatinhos abandonados. Quando a advogada ia visitá-lo na clínica veterinária, ele, mesmo ainda fraco e com acesso venoso em sua patinha, pulava em seu colo e a abraçava parecendo não querer deixá-la ir embora.
O amor ao gatinho foi crescendo, várias pessoas passaram a ajudá-lo até que Guguzinho se recuperou milagrosamente e vive até hoje super saudável, brincalhão e bastante gordinho… e já se passaram 7 anos!
E foi assim que surgiu o projeto Guguzinho, que já tirou das ruas do Rio de Janeiro mais de 200 bichanos em estado de abandono, sendo que parte deles foi encaminhado para adoções responsáveis. Já, os idosos e doentes, que geralmente não conseguem adoção, permanecem até os dias atuais na sede do Projeto, sendo cuidados exatamente como se tivessem uma família.
Conheça:
Instagram @projeto_guguzinho
Facebook: @guguzinhoogatoguerreiro

Compartilhe esse artigo!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Gostou desse artigo? Comente!

Quer divulgar o seu negócio aqui?
Chame no WhatsApp!