Veterinária no Rio é modelo de empreendedorismo social

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Inaugurado em maio de 2016, o Hospital Popular de Medicina de Veterinária faz parte de uma nova onda empresarial: os negócios sociais. Ao contrário dos modelos tradicionais, visam ajudar a solucionar problemas sociais inerentes às classes C, D e E, seja permitindo que essas participem ativamente da produção de riqueza de uma empresa ou que tenham acesso a serviços mal ou não prestados pelo poder público. Dessa forma, responsabilidade social e lucro caminham lado a lado. O Rio de Janeiro dispõe de poucas clínicas veterinárias públicas. Alguns serviços básicos são oferecidos, como vacinações, consultas com clínicos e castrações.

Porém, procedimentos como exames laboratorais, consultas com especialistas e cirurgias de risco não são encontrados com facilidade. Em agosto de 2013, um decreto municipal determinava que o Instituto de Medicina Veterinária Jorge Vaitsman, na Mangueira, zona norte da cidade, só atenderia casos de zoonoses. A determinação foi revogada, mas a unidade prossegue com a rotina de longas filas e dificuldade de atendimento. Diante da precariedade, o HPMV proporciona aos cariocas uma medicina veterinária de ponta a um preço mais acessível.

O serviços oferecidos são, em média, 50% mais baratos em comparação a outras clínicas particulares. Atendimento 24 horas, estrutura para internação e realização de exames laboratoriais credenciam o espaço a ter o título de hospital, conforme prevê o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio de Janeiro. Até aqui, são quase três mil atendimentos e mais de cem cirurgias realizadas.

O objetivo é transformar o estabelecimento em um centro de referência, instalado um local que precisa dessa assistência. Está situado em Padre Miguel, zona oeste do Rio de Janeiro, região de maior concentração de pets por família da cidade, e a de menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Apesar disso, pessoas de outras partes da cidade têm procurado o Hospital Popular de Medicina Veterinária para cuidar da saúde de seu bicho de estimação. Empreender na veterinária é a oportunidade de participar de um mercado em expansão no Brasil, porém, ainda mal compreendido. Segundo a Comissão de Animais de Companhia (Comac), apenas 11% dos proprietários levam seu animal de estimação para realizar consultas periódicas. Diante desse cenário, o HPMV tem a expectativa de fazer parte de um novo tempo nessa área: “Muitas pessoas não fazem ideia do que é certo e errado no cuidado com a saúde dos animais. Enxerguei uma oportunidade para participar da mudança nesse seguimento”, explicou Brunno Galvão, diretor do hospital. Mesmo que a medicina veterinária não seja um direito constitucional e ainda esteja subordinada ao Ministério da Agricultura, ter um bicho de estimação faz parte da rotina de muitos brasileiros. Segundo o IBGE, são quase 133 milhões no país, sendo 52,2 cães, 37,9 aves e 22,1 gatos. Os números colocam o Brasil na quarta posição no ranking de países com maior número de famílias que têm animais domésticos.

Serviço:
Hospital Popular de Medicina Veterinária – Padre Miguel-RJ
Endereço: Rua Professor Clemente Ferreira, 6
• Atendimento 24 horas
• Exames de imagem (ultrassom 3D e raio-x)
• Exames laboratoriais
• Internação
• Especialistas (dermatologia, ortopedia, cardiologia, oncologia, oftalmologia e medicina de silvestres).
Site: www.hpmv.com.br

Compartilhe esse artigo!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Gostou desse artigo? Comente!

Quer divulgar o seu negócio aqui?
Chame no WhatsApp!