Distúrbio que afetou ator Bruce Willis pode surgir antes ou depois dos 65 anos

Um distúrbio que afeta o cérebro afastou o ator Bruce Willis de sua profissão. O anúncio de sua aposentadoria foi na última quarta-feira. O diagnóstico: afasia. Uma síndrome neurológica caracterizada pela perda progressiva e predominante da linguagem.

O transtorno não pode se configurar como doença, mas sim como um transtorno de linguagem ocasionado por lesão cerebral. Uma das causas mais comuns é o AVC, mas outras podem ocorrer como a Afasia Progressiva Primária (APP), um tipo de demência ocasionada por um processo neurodegenerativo.

Distúrbio - Afasia - Um diagnóstico correto fará toda a diferença no tratamento do paciente.
Um diagnóstico correto fará toda a diferença no tratamento do paciente.

A APP pode surgir antes ou depois dos 65 anos e em ambos os sexos. No início, as pessoas não possuem muitas perdas em suas habilidades cognitivas, exceto de linguagem. Os primeiros sintomas são às vezes dificuldades de encontrar as palavras certas para se expressar ou lembrar de nome de pessoas ou lugares. Alguns casos de APP têm como sintomas iniciais dificuldades com a linguagem escrita. Muitas vezes, essas pessoas são diagnosticadas erroneamente com estresse.

Não existe ainda um tratamento medicamentoso para curar ou reverter a APP. Entretanto, o médico decidirá se serão necessários medicamentos para minimizar alguns problemas decorrentes de sintomas da doença.

Dos tratamentos não medicamentosos, a reabilitação fonoaudiológica pode ser útil para auxiliar os pacientes a aprenderem a lidar com suas dificuldades, diminuindo o impacto do distúrbio da linguagem no cotidiano do paciente.

É importante que as pessoas acima dos 60 anos e que apresentem alguma dificuldade na linguagem procurem orientação médica para uma avaliação. Exames de imagem vão descartar se essa pessoa sofreu ou não uma lesão por AVC ou isquemia transitória. Um diagnóstico correto fará toda a diferença no tratamento do paciente.

* Artigo publicado por André Lima, neurologista da Academia Brasileira de Neurologia e Diretor da Clinica Neurovida.

Compartilhe esse artigo!

Gostou desse artigo? Comente!

Quer divulgar o seu negócio aqui?
Chame no WhatsApp!