Pequenas empreendedoras: o Bazar das Meninas

bazar das meninas - interno 4

Ao relembrar a sua infância, algumas profissões já passaram por sua criatividade. Alguns diziam que sonhavam em ser médicos, engenheiros, advogados, jornalistas, escritores e por aí vai. Uns se tornam, outros mudam seus caminhos. Mas duas meninas de 10 anos, a Larissa Reis e a Marina Souza Brandão, uniram a vontade de se tornarem empreendedoras e criaram o Bazar das Meninas. E não é que tem dado certo?

Quem passa pela Rua Senador Rui Carneiro, no Recreio dos Bandeirantes, em frente ao restaurante Kaçuá, que traz pratos tradicionais do Nordeste, avista duas cadeiras, mesas, duas meninas e alguns de seus produtos que estão à venda: acessórios, livros e brinquedos. A localização se deve ao fato do restaurante ser do pai da Marina, o Bruno Brandão, logo, ele consegue supervisioná-las.

bazar das meninas - interno 2

Intitulado por elas mesmas de Bazar das Meninas, o pequeno negócio tem ido bem, segundo elas. “A gente está muito feliz, é muito legal e vendemos bem. Alguns conhecidos meus também vêm aqui comprar”, conta Marina animada. A renda, segundo ela, é divida entre as duas que gastam como querem. Existe até um esboço de um plano de negócios feito por elas.

bazar das meninas - interno 3

O pequeno bazar acontece de 15 em 15 dias durante a tarde. O próximo será dia 21 de outubro, sempre com a supervisão dos pais e no horário de funcionamento do restaurante Kaçuá. “Sempre gostei de vender, então fiz o bazar com a minha ideia e ideia da minha amiga, mas meus pais sempre olham a gente”, explica Marina.

Compartilhe esse artigo!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Gostou desse artigo? Comente!

Quer divulgar o seu negócio aqui?
Chame no WhatsApp!