Iniciando a educação financeira com os seus filhos

É importante ensinar aos seus filhos, desde muito pequenos, a ter um relacionamento de qualidade com o dinheiro. O conhecimento adquirido na infância é um dos principais adquiridos na vida e quando criança, temos um filtro de aprendizado muito mais sensível e crítico.

O exemplo fala bem mais do que as palavras e creio que não existe uma fórmula mágica para ensinar educação financeira aos pequenos. Você precisará ser criativo, incentivador e provocativo.

Educação financeira - Delegue o poder de pequenas decisões financeiras ao seu filho.
Delegue o poder de pequenas decisões financeiras ao seu filho.

Um bom começo será adicionar coisas simples do dia a dia através de exemplos e até mesmo brincadeiras e à medida que a idade for avançando, adicionamos situações em que eles mesmos terão que tomar as decisões, claro que sempre monitorados por você.

Separei cinco pontos importantes e que utilizo no meu dia a dia para que você comece a sua jornada e ou aprimore a que já está trilhando:

Ensine o seu filho a ter consciência sobre os valores e as coisas

Dificilmente seu filho terá percepção e consciência das coisas se tudo for entregue de mão beijada. Explique o valor de cada coisa, diga não quando for preciso, informando o motivo. Por fim, apresente o seu trabalho e a forma como o dinheiro é gerado.

Ensine o seu filho a comprar o que é útil

Faça desde cedo explicando a utilidade de cada coisa e que nem tudo deve e será comprado. Temos uma demanda enorme de influências nos pequenos, seja na TV ou na internet, mas sua missão é protegê-lo e ensiná-lo a avaliar o que de fato precisa ser comprado.

Estipule um valor de mesada mensal

Assim ele aprenderá a tomar decisões importantes sobre a utilização do seu dinheiro. Precisará escolher um caminho: Comprar figurinhas ou um lanche no colégio? Se a criança for muito pequena ainda, você não precisará entregar o dinheiro da mesada de fato, mas as decisões e o poder de escolha sim.

Delegue o poder de pequenas decisões financeiras ao seu filho

Faça com que ele viva na prática como é tomar uma decisão financeira. Pode ser uma ida ao mercado ou à feira onde você o entregará a decisão de escolher o produto mais em conta, por exemplo. Ensine a ele como se negocia a redução do valor de algo, faça com que ele viva e experimente tudo isso!

Ensine o seu filho a cuidar do dinheiro e a poupar

Sugiro que você utilize o método 50/50, ou seja: 50% do valor que ele receberá será poupado e 50% será utilizado. Desta forma, você criará um jovem com sabedoria financeira e pronto para investir o seu dinheiro com sabedoria no futuro.

Agora que você aprendeu como iniciar a educação financeira com os seus filhos, desejo muito empenho e dedicação nessa tarefa incrível! Se precisar de ajuda, conte comigo!

* Artigo publicado pelo colunista Marlon Glaciano, Planejador e Educador Financeiro, pós graduado em investimentos e Blockchain, além de especialista em Proteção Patrimonial e Seguro de Vida, Corretor Franqueado da Prudential do Brasil Seguros de Vida.

@marlonglaciano

 

Compartilhe esse artigo!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Gostou desse artigo? Comente!

Quer divulgar o seu negócio aqui?
Chame no WhatsApp!